Como fazer fotos de longa exposição

A técnica da longa exposição é uma das mais utilizadas para paisagens em olhares.com

Se visitares o nosso site, doctor poderás ver algumas paisagens fantásticas com arrastamentos de nuvens e céus!

Este efeito é resultado de uma técnica bem simples, mas cheia de segredos: a longa exposição.

O que é a EXPOSIÇÃO?

Experimenta o Simulador de Exposição   

 

É relativamente fácil realizar este tipo de foto: é só colocar a câmara no tripé e usar exposições longas (que podem ter de 1 segundo a vários minutos.)

Parece simples, mas assim que se começa a praticar percebemos que há conceitos básicos a respeitar.

Não esquecer o Tripé!

É quase impossível fazer longas exposições sem tripé!

Exemplo:

ISO 100 | 21mm | f/29 | 1.6seg por claudia regina
ISO 100 | 21mm | f/29 | 1.6seg
por claudia regina

Como fazer?

Terás de usar um ISO baixo e a abertura mais pequena possível, como por exmplo: ISO100 e f/22. Assim será possível compensar a falta de luz com um tempo de exposição longo. Isto é fácil de fazer à noite, por exemplo, mas bem mais complicado durante o dia.

Às vezes, com o ISO baixo e o diafragma bem fechado, o resultado fica sobre-exposto. Significa que o tempo de exposição demasiado longo para conseguir o efeito que procuramos.

A solução ideal para situações assim é utilizar um filtro de densidade neutra (ND). Tudo o que este filtro faz é deixar passar menos luz para a câmara, permitindo assim o uso de exposições mais longas.

 

oberhofen-por-claudia-regina-850x478
ISO 100, 22mm, f/29, 10seg por claudia regina

A foto sai tremida mesmo com tripé?

Ao apertar o botão a câmara pode tremer. O ideal, nestes caso, é ter um disparador remoto para disparar longe da câmara, evitando que ela se mexa.

Se não tens disparador remoto podes usar a função  “timer” que  permite disparar 2 ou 10 segundos após premir o botão, a câmara terá assim tempo para estabilizar e as fotografias não ficarão tremidas!

Boas fotos! :)

Texto e fotografias de Claudia Regina
Fonte