Exposição Fotográfica e Multimédia DIÁRIO DE UMA PANDEMIA

DIÁRIO DE UMA PANDEMIA

Exposição fotográfica e multimédia organizada pela associação cultural CC11. Um retrato da vida quotidiana feito pela comunidade em Portugal de fotógrafos e fotojornalistas, videógrafos e documentaristas, durante o período da pandemia de COVID-19.

No início do ano 2020 foi fundada em Lisboa a associação cultural CC11, que tem como finalidade divulgar e promover a fotografia e o fotojornalismo em Portugal. A primeira exposição inauguraria em Março no espaço CC11, Rua do Centro Cultural 11, no revitalizado bairro de Alvalade e tínhamos já um calendário de exposições até final do ano.

O surto de Covid-19 obrigou-nos a fazer uma pausa na agenda, mas como os fotógrafos e fotojornalistas não pararam durante a pandemia, decidimos aproveitar este momento de crise excepcional para inaugurar o espaço e iniciativas da CC11 com esta exposição, mostrando os testemunhos que nos revelam o impacto que a pandemia teve nas nossas vidas.

 

A exposição DIÁRIO DE UMA PANDEMIA é constituída por quatro módulos, divididos por dois pisos, que têm a fotografia e a informação como seu fio condutor:

 

EVERYDAYCOVID, projecto fotográfico criado na plataforma Instagram, composto por 119 fotógrafos e fotojornalistas portugueses, e que entre si criaram um grupo de oito editores fotográficos, que organizavam e selecionavam diariamente os registos fotográficos do conjunto. Um grupo de quatro reputados fotojornalistas – Daniel Rocha, Ilídio Teixeira, Luís Filipe Catarino e Tiago Miranda – foi convidado pela CC11 para a curadoria desta exposição, partindo de uma selecção de 500 fotografias feita pelos editores fotográficos para a publicação de um livro, a editar até ao final de 2020. Num percurso de 86 fotografias estão registados os momentos mais emblemáticos, mas também os mais íntimos, destes dias estranhos que vivemos entre Março e Julho de 2020. No final do percurso, ao lado de um mural com o nome de todos os autores deste projecto, o vídeo que de forma cronológica nos mostra todas as fotografias e histórias partilhadas na página do Instagram pelo grupo EverydayCovid.

 

RETRATOS DE PORTUGAL PELAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS, uma selecção de fotografias das agências AFP, AP, Getty Images, EPA/Lusa e Reuters, que fazem o relato visual de como Portugal reagiu à pandemia.

DIAS DA PANDEMIA PELA IMPRENSA NACIONAL, uma linha de tempo entre Março e Julho, contada pelas capas dos jornais e revistas portuguesas, a partir de uma selecção do jornalista e editor João Paulo Cotrim.

CLARO E ESCURO, de Luísa Ferreira. A fotografia de autor tem presença nesta exposição através de um olhar intimista e crítico sobre a pandemia.

 

Durante o período em que a exposição está patente, a CC11 organiza também uma série de eventos: visionamento de documentários e reportagens de televisão seguidas de conversa com os autores, apresentação de livros, debates e conferências, organização de workshops. Sendo actividades de carácter presencial, conforme o plano de confinamento elaborado, os eventos serão divulgados com uma semana de antecedência, requerendo inscrição prévia ou a confirmação de presença.

A inauguração da exposição é no dia 7 de Setembro das 18:00 às 20:00, para a imprensa e convidados, com a presença de autores. A exposição estará patente de 8 Setembro a 31 Outubro 2020, na Galeria CC11, na Rua do Centro Cultural 11, Lisboa.

Já está programada a itinerância desta exposição para o Município de Tondela, com o nosso parceiro Acert entre Novembro 2020 e Janeiro 2021; bem como no Município de Oeiras, no espaço do nosso patrocinador Taguspark, entre Março e Abril 2021.

 

CONVITE_DIARIO_PANDEMIA_page-0001