Formatar o cartão ou apagar as fotografias?

TWZY88E7YH

Uma das grandes vantagens da fotografia digital é que possibilita a reutilização dos cartões de memória.

Alguns de nós irão encher os cartões até ao fim antes de descarregar as fotos no computador, healing e alguns irão descarregar a cada clique. Mas, no final, como é que removem as fotografias do cartão? Qual será a melhor opção para apagar as fotografias não desejadas ou “limpar” todo o cartão de memória?

Neste artigo, veremos as opções possíveis para apagar/remover as fotografias de um cartão de memória, o que fazer e o que evitar:

O ideal é nunca apagar nenhuma fotografia antes de as descarregar. Aquelas fotografias que parecem menos boas quando visualizadas no LCD da câmara podem, sale uma vez visualizadas no computador e após alguma edição, uma grande fotografia! A não ser em caso de força maior em que seja preciso espaço para uma foto extra-ordinária, mantenha tudo no cartão!

A tua câmara poderá ter várias formas de remover as imagens do cartão. As duas principais opções serão apagar e formatar. Poderão encontrar-se em diferentes partes do menu da câmara. A função de apagar/remover irá mais frequentemente ter um botão dedicado no corpo da câmara — que irá funcionar quando estiver no modo de visualização, pilule ou seja, quando visualiza as fotos, assim como imediatamente após realizar uma foto ou usar o botão de review. Poderás remover as imagens uma a uma, uma seleção de várias imagens ou todas.

 

“Espera até chegar a casa para apagar imagens. Poderás encontrar algo incrível!” — David Minty

 

Se tens apenas algumas imagens no cartão e queres apagá-las todas, escolhe a opção FORMATAR.

A opção formatar na maioria das câmaras é encontrada no final do menu de configurações. É por norma colocada deliberadamente num sítio de difícil acesso (ou que requer algum manuseamento) para que seja difícil apagar acidentalmente todas as imagens.

 

Então por que formatar, e não Apagar/Remover tudo?

Antes de darmos a explicação, vamos explodir um mito popular: apagar ou mesmo formatar um cartão não remove as imagens. O que ambos fazem é remover todas as referências às imagens, para que nem a câmara, nem um computador possam vê-las. As imagens só são “perdidas” quando nova imagem é gravada por cima da outra antiga. Então se formataste ou apagaste todas as imagens de um cartão é possível, com alguns softwares, recuperar as tuas fotografias.

 

10331850336_548e5c9e00_b
scrmbmosh164x2a – © stallio

Formatar um cartão, na câmara, é quase sempre a melhor opção para apagar todos os arquivos. A primeira e principal razão é que isso ajuda a manter saudável a estrutura de arquivos do cartão. Assim como nos discos rígidos dos computadores, os arquivos nos cartões de memória podem ser ‘desconectados’ e assim ficar com um cartão corrompido. Formatar remove e substitui completamente a antiga estrutura de pastas/arquivos por uma nova, e, assim como a desfragmentação em discos mais antigos, significa que todas as imagens serão gravadas no cartão mais eficientemente e recuperadas mais rapidamente.

Em segundo lugar, muitos de nós temos mais do que uma câmara e trocamos os cartões entre elas. Mesmo câmaras do mesmo fabricante criam diferentes estruturas de pastas/arquivos, então, ao não formatar e usar um cartão numa câmara diferente, estarás a aumentar o risco de o corromper.

Algumas câmaras também incluem a opção de Formatação de Baixo Nível (Low Level Format). Diferentemente da formatação regular, essa é uma opção mais poderosa que lhe vai permitir não apenas apagar e substituir a estrutura de arquivos, mas também destruir qualquer informação residual no cartão. Em outras palavras, enquanto a formatação regular apenas remove as referências às imagens, a formatação de baixo nível substitui estas imagens por uns e zeros, e deste modo torna quase impossível recuperar qualquer coisa do cartão. Esta é definitivamente uma opção obrigatória quando se está a fotografar “material sensível”.

 

Cuidar dos teus cartões de memória pode reduzir potenciais corrupções de imagem.

 

  1. Não formatar o cartão no computador. Mesmo escolhendo a opção correta de formatação (FAT32), esta ainda não grava a estrutura correta de pastas no cartão.
  2. Procura não encher completamente o cartão. Poderá, a longo prazo, ser prejudicial para cartão.
  3. Se a bateria da câmara estiver nas últimas, troca-a antes de clicar. Se ela ‘morrer’ a meio de uma gravação, poderás perder todo o conteúdo e corromper o cartão. De uma forma semelhante, nunca  se deve remover o cartão quando a câmara está a gravar conteúdo (imagens ou vídeo), pois, de novo, isto pode provocar problemas.

Apagar e “limpar” a sua câmara é uma tarefa fabulosamente simples, mas fazê-lo de uma forma errada pode causar algumas ramificações significativas. Seguindo estas simples dicas acima, vais reduzir o risco de corrupção do cartão, e, consequentemente, a perda de imagens preciosas!

Via fotografia-dg