“Free Falling” de João Carlos | 2020 foto do mês abril

A Equipa Olhares escolheu a fotografia “Free Falling” de João Carlos como Fotografia do Mês de abril de 2020.

 

Como colocaste as luzes no estúdio?

Queria recriar o sol ao meio-dia de um dia nublado, coloquei uma Softbox 3×4 ‘RF diretamente acima da modelo Katy e liguei-o à Pro-7a. Tinha dois quadros pretos para difundir a luz, e também tinha dois refletores Westcott no chão onde utilizava o lado prateado, e um prateado Scrim Jim maior.

 

Como isso ajudou a fazer parecer que fotografaste debaixo d’água?

Para parecer que estava a fotografar debaixo d’água removi o difusor do Softbox 3×4 ‘RF, que criou uma luz que ainda era suave, mas com um pouco mais de profundidade e contraste. O tamanho da softbox era perfeito para cobrir apenas o corpo dela, e os quadros pretos indicavam qualquer excesso de luz e ajudaram a manter a imagem nítida.

Finalmente, os refletores de prata abaixo deram-me uma sensação agradável e manchado como se fosse debaixo d’água, Eles também iluminaram as sombras o suficiente para fazer acreditar que estava realmente a fotografar debaixo d’água. Não há grandes pós produções feitas.

Acho que o grande truque foram as roupas folgadas da modelo, que fluíam perfeitamente. O cenário cinza (strom grey ), que apresentava alguns problemas de humidade, também ajudou. Finalmente, a luz suave e refletida realmente ajudou a trazer a mesma sensação de leveza que normalmente só se obtém ao fotografar debaixo d’água.

 

E as bolhas?

Na verdade, é farinha. O plano inicial era usar tinta colorida em pó, mas, devido à toxicidade da tinta, decidimos optar por um produto comestível em pó.

 

 –Visita a galeria do autor para conheceres outros trabalhos.
© Joao Carlos - Free Falling
© Joao Carlos – Free Falling