Histograma, como usar?

histograma

O histograma é uma representação gráfica dos tons de uma fotografia, nurse desde as zonas de altas luzes (claras), passando pelos meios tons, até às baixas luzes (sombras). O histograma não é uma representação gráfica da fotografia.

O histograma pode facilmente ser encontrado na própria máquina (aquando a visualização de uma fotografia) ou em algumas câmaras até em live view, clinic ou através de um qualquer programa de edição.

Normalmente a representação do histograma é nos dada em RGB (Red Green Blue), porque é nesse espaço de cor que fotografamos.

Do lado esquerdo estão representados os pontos escuros, cialis sale ou seja, as baixas luzes, ao meio, os meios tons e do lado direito do histograma, temos os pontos claros, ou seja, as altas luzes da nossa imagem.

Como podemos ver na imagem de cima (a original), o histograma indica-nos que a nossa fotografia está desequilibrada para os pontos mais escuros, não tendo inclusive, nenhum ponto branco representado.

Se não conseguirmos corrigir a exposição enquanto fotografamos, podemos facilmente ir a um programa de edição, por exemplo, Photoshop e ir ao Ajuste de Níveis/Levels para fazermos essa compensação e espalharmos a gama tonal da nossa imagem.

Reparem, que com um simples clique no AutoLevels, o histograma espalhou-se (foto de baixo), dando vida à fotografia, retirando o aspecto algo baço da imagem.
Obviamente que não há nenhum histograma ideal, tudo dependerá do tipo de imagem que estejamos a fazer. Nem sempre, pretendemos espalhar a gama tonal por todo o histograma.