Lugares para fotografar em Roma

A Itália é um dos lugares mais belos do mundo, capsule onde tradição e transformação criam cenários deslumbrantes. Desde as ruínas até as construções mais intactas, Roma é sem dúvida a cidade que mais chama a atenção em todo o país. Além do seu valor histórico, o local é rico em cultura e rende sempre novos olhares.

Confira lugares que podem render grandes imagens e trazer um novo ponto de vista sobre a Cidade Eterna. Escolha o momento certo e consiga as melhores imagens!

Coliseu

Coliseu de Roma

O Coliseu era o centro de espetáculos da Roma Antiga. Ele em si pode ser considerado uma ruína, sildenafil mas é possível descobrir muitos lugares interessantes no interior da construção. Entre os aspectos mais diferentes e que merecem ser fotografados estão as escadarias e os animais que utilizam o Coliseu como residência, como é o caso de diversos gatos que fazem a diversão dos turistas e recebem vários cliques.

Momento para visitar: pela manhã

Dica para fotografar: por ser necessário passar pela revista, evite levar muitos equipamentos em sua mochila, deixando tudo mais organizado.

 

Praças e fontes

Piazza Navona

Roma está cheia de praças – algumas centenárias! Além das belezas de sua arquitetura, é muito interessante notar toda a movimentação do local. Na Piazza Navona, além da Embaixada do Brasil, estão vários restaurantes, lojas, a Igreja de Santa Agnese e as Fontes dos Quatro Rios, Fontana Del Moro e de Neptuno. Na Piazza di Spagna fica a Scalinata della Trinita dei Monti, uma famosa escadaria. Não se esqueça da famosa Fontana di Trevi, mas busque um olhar diferente, foque-se nos detalhes!

Momento para visitar: final da tarde / pôr-do-sol

Dica para fotografar: não utilize o flash. Para isso, faça uso do tripé para conseguir imagens mais nítidas.

 

Igrejas, catedrais e basílicas

Vaticano

A capital italiana é conhecida pela sua fé. São muitas as imagens e locais por onde você pode ir para professar sua crença na Igreja Católica ou apenas se deslumbrar com a arquitetura, as artes e a história de cada construção. São muitas as opções, mas a Basílica de São Pedro, no Vaticano, pode ter um atrativo ainda mais especial, principalmente no fim de tarde. Vale também tentar incluir no roteiro outras igrejas, menores mas nem por isso menos encantadoras, como a Igreja de San Francesco de Ripa – com a escultura da Beata Ludovica Albertoni -, ou a Santa Maria del Popolo, que apesar de simples é um marco para os religiosos.

Momento para visitar: de preferência, fora dos horários de celebrações.

Dica para fotografar: utilize um rebatedor para captar a luz ambiente com mais naturalidade.

 

Jardins da Villa Borghese

Villa Borghese

Os Jardins da Villa Borghese são o segundo maior parque da capital italiana. Além desse título, ali estão localizados o Palácio Villa Borghese e um museu, conhecido como Galleria Borghese – com grandes obras plásticas. Nas redondezas do parque você também encontrará vários animais, principalmente gatos. O estilo do parque é inspirado em construções inglesas, com muitos edifícios e atrações para os visitantes. Além das grandes obras do parque, a natureza é um prato cheio para os fotógrafos de olhares atentos – principalmente nos belos dias de verão.

Momento para visitar: à tarde.

Dica para fotografar: busque fazer composições criativas entre o seu assunto principal e o plano de fundo. Aproveite esse contraste!

Boa viagem!