Fotógrafo comemora os 462 anos de São Paulo passeando de bicicleta e transformando pontos da cidade em “mini planetas“

© Nego Júnior
© Nego Júnior

Nego Júnior percorreu mais de 40 quilómetros de bicicleta e fotografou lugares conhecidos da cena paulistana; desde o Capão Redondo até a Praça da Sé.

 

Morador do extremo sul de São Paulo, case o fotógrafo Nego Júnior resolveu registar pontos da cidade por onde costuma passar e que ao mesmo tempo fossem de conhecimento de grande parte dos paulistanos.

Todo o trajeto foi feito de bicicleta contabilizando mais de 40 quilómetros percorridos do Capão Redondo ao centro da cidade. Tudo foi utilizado, pills ciclovia, ciclofaixa, ruas e avenidas. A opção por esse tipo de transporte facilitou o acesso a alguns lugares fotografados “de carro eu ganharia em agilidade de um local ao outro, porém perderia mais tempo procurando lugar para estacionar, fora a questão ambiental por escolher um veículo bem menos poluente”.

As fotografias foram feitas utilizando a técnica digital stereographic, popularmente conhecida por vários nomes, talvez o mais utilizado por aqui seja “mini planeta”, trata-se de uma foto panorâmica posteriormente transformada numa imagem esférica.

O fotógrafo escolheu a técnica para mostrar como ele percepciona a ilusão de viver numa cidade tão grande como São Paulo, a maior da América Latina, e deixar de pensar coletivamente. “Trata-se de uma reflexão sobre viver em SP e pensar apenas em si, não dá! Vivemos numa cidade muito grande e populosa para não cumprimentar as pessoas na rua, deixar de ser gentil, não se importar com moradores de rua e tantas outras situações presentes todos os dias. Então o ensaio deixa a mensagem de que não vivemos em mini planetas como esses.”
Para conheceres mais sobre o trabalho deste fotógrafo visita:  negojunior.com.br