Vencedores REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS

reflex

Para a terceira edição do REFLEX – Prémio de Fotografia CAIS/BES, sales e com o apoio do Olhares, foram revelados, no passado dia 17 de Setembro, os 4 vencedores do concurso, “de acordo com o enquadramento temático e expressão artística”.

Eis os nomes dos vencedores, três deles sendo membros do Olhares:

Em primeiro lugar, foi distinguido o trabalho de Márcia Monteiro, seek intitulado “Liberdade”.

© Márcia Monteiro, 1º lugar
© Márcia Monteiro, 1º prémio

Liliana Laranjo, healing com a sua fotografia “Yoff“, conquistou o segundo lugar.

© Liliana Laranjo, 2º lugar
© Liliana Laranjo, 2º prémio

O fotógrafo J. Pedro Martins venceu o terceiro lugar, graças à sua obra “Será que posso mesmo olhar?”.

© J. Pedro Martins, 3º prémio
© J. Pedro Martins, 3º prémio

Pedro Moreira foi o quarto vencedor, com “Gerações”.

© Pedro Moureira, Menção Honrosa
© Pedro Moreira, Menção Honrosa

Os vencedores receberam, entre outros, “cheques no valor de 1.000, 600, 400 e 300 euros, respectivamente”.

“A edição deste ano do prémio REFLEX é dedicada ao tema “Gerações”, numa busca do registo fotográfico de intervenção sobre a realidade actual e passada, numa sinergia de gerações. Tal como refere o Dr. Henrique Pinto, Director da Associação Cais, “o que somos, aquilo em que nos tornámos, não como uma necessidade mas como uma possibilidade ou um momento aberto ao impossível de nós mesmos, vem detrás, de uma relação com infinitas gerações que se pensaram e exerceram de determinada maneira, em todos os campos. Não nascemos do nada, e até o amor, nas palavras do filósofo Michel Foucault, tem a sua história”

O prémio REFLEX, criado em 2006, surge da vontade e parceria da CAIS e do BES “com o objectivo de reforçar uma parceria já existente e de ampliar os efeitos positivos da única iniciativa nacional de âmbito artístico, que alia a fotografia a temas socialmente relevantes. O Prémio REFLEX conjuga, assim, a vertente socialmente empenhada da Associação CAIS e a estratégia de responsabilidade social empresarial do Banco Espírito Santo enquanto Mecenas da Fotografia em Portugal”, afirmou o Dr. Eduardo Gonçalves, do Departamento de Comunicação do BES.

O Dr. Luís Toscano Rico, Director de Comunicação da Tranquilidade, que este ano se associa pela primeira vez a este projecto, revela que “é com enorme orgulho que a Companhia de Seguros Tranquilidade se associa à CAIS para a realização de mais uma iniciativa integrada no âmbito dos projectos tangenciais da Experimenta Design em que duas vertentes tão distintas, como a arte e a responsabilidade social, se juntam dando um importante exemplo de contributo para a nossa sociedade. Ao acolher o REFLEX no Espaço Arte Tranquilidade procuramos também cumprir um desígnio cada vez mais presente na estratégia das organizações socialmente responsáveis, no âmbito do Design de Serviços.”

Visite a exposição das 30 obras finalistas no Espaço Arte Tranquilidade, até dia 17 de Outubro de 2009.

Aberto de Quarta-feira a Sábado, das 13h às 19h.

Entrada livre.

Para mais informações, consulte o site REFLEX.