Prémio Fotografia Centenário das Aparições de Fátima

banner-premio-de-fotografia-2x1

A celebração do centenário das aparições de Fátima tem constituído oportuna ocasião para o Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima levar a cabo um conjunto de iniciativas que pretendem evidenciar a relevância do acontecimento, illness da mensagem e do espaço de Fátima.

RECOLHA DOCUMENTAL: 8 de dezembro de 2015 a 13 de outubro de 2016

LIMITE DE ENTREGA DAS CANDIDATURAS: 31 de outubro de 2016

 

Neste contexto, e tendo em conta a relação estreita, na história e na contemporaneidade, da fotografia a Fátima, bem como o relevo desta arte para a linguagem hodierna, o Santuário propôs-se abrir o Prémio Fotografia Centenário das Aparições de Fátima.
Os trabalhos a concurso versarão sobre as categorias Retrato humano, Paisagem, ed Espiritualidade e Mensagem: práticas e ritualidade e Fotonarrativa – a cada uma das quais cada autor pode concorrer – e serão rigorosamente avaliados por um Júri de reconhecido mérito na área.
A iniciativa evidencia a convicção do Santuário de Fátima de que a arte fotográfica constituirá, concretamente por meio deste Prémio, um privilegiado e relevante contributo para uma fecunda hermenêutica de Fátima – semântica, artística e contemporaneamente significativa –, bem como um instrumento particularmente propício para a vivência e o assinalamento daquela singular celebração que, for sale desde 2010 e ao longo de um festivo septenário, tem vindo a adensar-se.
Prémio:
Em cada categoria será atribuído um prémio no valor de 1 000,00 € (mil euros).
Ao melhor trabalho apresentado no conjunto das categorias em análise, será atribuído o prémio “Fotografia do Centenário das Aparições”, no valor de 2 500,00 € (dois mil e quinhentos euros).

Composição do Júri:

Carlos Cabecinhas

Presbítero da diocese de Leiria-Fátima, doutorado em Liturgia pela Faculdade de Sagrada Liturgia do Pontifício Ateneu de Santo Anselmo, em Roma, e professor na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, é Reitor do Santuário de Fátima desde 11 de junho de 2011.

Marco Daniel Duarte

Doutorado em História da Arte pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é diretor do Serviço de Estudos e Difusão do Santuário de Fátima, do Museu da mesma Instituição e do Departamento do Património Cultural da diocese de Leiria-Fátima. Tem desenvolvido os seus estudos no âmbito do saber da Iconografia e da Iconologia, áreas sobremodo ligadas à arte sacra antiga e contemporânea.

Fernando Guerra

Licenciado em Arquitetura e fotógrafo de arquitetura, foi pioneiro na forma de fotografá-la e comunicá-la. Juntamente com o irmão, é responsável por grande parte da difusão da arquitetura contemporânea portuguesa nos últimos quinze anos. Os seus trabalhos são editados regularmente em diversas publicações tanto a nível nacional como internacional. Colabora com diversos arquitetos portugueses e estrangeiros de renomada reputação.

Rui Ochoa

Iniciou-se como jornalista no Jornal de Notícias, vindo a enveredar pela área do fotojornalismo, de que se tornou figura incontornável. Colabora, desde há mais de três décadas, com o jornal Expresso, onde foi diretor de fotografia, editor e repórter principal. Autor de múltiplas reportagens em quase cem países, tem editado diversos livros e colaborado noutros, atividades que vem desenvolvendo em paralelo com as ocupações letivas a que se tem dedicado.

Inês d’Orey

Com formação superior em Fotografia pelo London College of Printing e em Relações Internacionais Culturais e Políticas pela Universidade do Minho, desenvolve projetos pessoais no domínio da fotografia, trabalha como fotógrafa independente para clientes privados e instituições públicas e foi vencedora do prémio Novo Talento Fotografia FNAC, em 2007. O seu trabalho tem vindo a ser frequentemente publicado e exposto em Portugal e no estrangeiro.

Paulo Catrica

Estudou fotografia no Ar.Co., em Lisboa, e fez licenciatura em História na Universidade Lusíada e mestrado em Imagem e Comunicação no Goldsmith’s, em Londres. Doutorado em Estudos de Fotografia pela Universidade de Westminster, expõe e publica regularmente em Portugal e no estrangeiro. Tem-se focado nas diversas vertentes da fotografia urbana e de paisagem.

José Soudo

Com mestrado em Fotografia Aplicada, desenvolve atividade docente em diversas instituições, com destaque para a Licenciatura em Fotografia do Instituto Politécnico de Tomar, da qual foi co-fundador e diretor. Enquanto fotógrafo, está representado em diversas coleções oficiais e particulares em Portugal e no estrangeiro, assim como em livros e publicações, com participações em exposições individuais e projetos coletivos.

www.fotografia.fatima.pt

Regulamento