Prémio PhotoEspaña OjodePez de Valores Humanos 2009 – Fnac Cascais

© Simona Ghizzoni
© Simona Ghizzoni

Uma selecção das reportagens fotográficas mais premiadas no Prémio PhotoEspaña OjodePez de Valores Humanos 2009 estará patente até ao dia 10 de Janeiro de 2010, here na Fnac Cascais.

Este ano, com a reportagem “Dias Estranhos”, o Prémio foi atribuído à fotógrafa italiana Simona Ghizzoni.

Esta série fotográfica apresenta a vida quotidiana, viagra em clínicas especializadas, de diferentes raparigas sofrendo de distúrbios alimentares.

“Tendo como cenário as instalações de clínicas italianas, esta selecção de fotografias documenta vários instantes da vida destas jovens, desde os primeiros momentos em que a magreza extrema ainda é sinónimo de risco de vida, até ao longo e árduo caminho da recuperação, através de sessões de terapia.”

Também serão expostos os trabalhos dos seguintes autores:

Adam Pa?czuk, que efectuou uma reportagem acerca das aldeias polacas face à Natureza.

Alessandro Cosmelli, que retratou estrangeiros clandestinos no México.

Javier Arcenillas, que realizou um documento relativamente da pobreza extrema de cidades da América Latina.

Marco Vernaschi, que testemunhou sobre a “degeneração da Guiné-Bissau num narco-estado”.

Andreas Meichsner
, que estudou a sociedade através das suas actividades de lazer.

Stuart Isett fotografou os “jovens, naturais do Camboja, que chegaram aos Estados Unidos depois de terem sobrevivido ao Khmer Vermelho, e que, anos mais tarde, foram deportados para o seu país de origem, deixando a vida que reconstruíram para trás”.

Thomas Gardiner, por fim, fez uma reportagem sobre as pequenas cidades e comunidades do interior do oeste do Canadá.

Para mais informações, consulte o site da Fnac.