Retratos com história – Desafio Temático Olhares

© Gabi Pontes - Raça Açoreana.
© Gabi Pontes – Raça Açoreana. “Trabalhador rural, seek fotografado durante a apanha do milho, na freguesia da Bretanha em S. Miguel, Açores. São histórias de trabalho duro e de canseiras, mas sempre temperados com dois dedos de conversa na pausa para um cigarro, para puxar o fio à memória.”
A Equipa Olhares selecionou as melhores fotografias do tema desta semana “Retratos com história“.
Conhece as fotografias vencedoras e dá os parabéns aos autores!
© João Santos - Conde de Penafiel. "Sebastião Bessa, <a href=
drugstore nascido a 9 de Novembro de 1928. De sigo Escorpião. Os episódios da sua vida valem-lhe o epíteto de "Conde de Penafiel". A noite tem registado a sua presença nas casas mais conhecidas de diversão noturna da zona VIP de Penafiel. Faça calor ou faça chuva, consoante o caso, tem uma forma típica de apresentar a sua toillete. Tem dois amores, o karaoke e as mulheres. Muito mais havia´para contar sobre a história de vida do Tião, figura típica de Penafiel . Obs: Retrato tirado numa aaruada fotográfica em Penafiel com o SEU consentimento.” width=”810″ height=”1080″ /> © João Santos – Conde de Penafiel. “Sebastião Bessa, nascido a 9 de Novembro de 1928. De sigo Escorpião. Os episódios da sua vida valem-lhe o epíteto de “Conde de Penafiel”. A noite tem registado a sua presença nas casas mais conhecidas de diversão noturna da zona VIP de Penafiel. Faça calor ou faça chuva, consoante o caso, tem uma forma típica de apresentar a sua toillete. Tem dois amores, o karaoke e as mulheres. Muito mais havia´para contar sobre a história de vida do Tião, figura típica de Penafiel .
Obs: Retrato tirado numa aaruada fotográfica em Penafiel com o SEU consentimento.

 

© Ana Costa - O curador de aves.
© Ana Costa – O curador de aves. “Na minha última visita ao Porto chamou-me a atenção este senhor pois estava rodeado, no chão e no ar, por pombas. Aproximei-me dele e perguntei lhe se podia tirar fotografias e ele respondeu-me sorrindo: “é a primeira pessoa que me pede para tirar fotografias! tiram-me muitas mas ninguém pede…”. Após esta simpática introdução, a conversa desenvolveu-se por quase uma hora… Contou-me quase toda a sua vida mas sobretudo falou da sua paixão por tratar aves que encontra doentes pelo mundo fora… Esta pomba que levantou voo das suas mãos tinha sido encontrada por ele há 6 meses atrás com uma pata partida e nessa altura ele tratou-a com o material que traz sempre consigo dentro do carro (gazes, desinfectantes, comida para aves, entre outros). Passados estes meses voltou a encontrar a pomba e assisti à operação de retirar a tala e de lhe dar “alta” ! Este senhor é uma personagem muito sui generis com muitas histórias para contar que merecia que fosse feito um documentário sobre ele! E é por histórias como esta que eu sou uma apaixonada por fotografia de rua!!”

 

© Ana Costa Another Day in Asia: Dedication.
© Ana Costa Another Day in Asia: Dedication. “Eu estava a visitar uma das cerca de 170 vilas flutuantes de pescadores que existem no Cambodja, quando tirei esta fotografia.
Apesar das muitas expressões felizes que vi nesta vila, a vida destes pescadores é extremamente difícil e é muito comum eles não regressarem das saídas que fazem para irem pescar. Muitas das vilas têm orfanatos para receberem as crianças que ficaram sem pais.
Ironicamente, o maior problema da população que vive nestas vilas tem a ver com a água que, apesar de ser a sua grande fonte de rendimentos (o peixe pescado anualmente alimenta mais de 3 milhões de pessoas), é também a razão para uma alta taxa de mortalidade pois não existem condições sanitárias básicas.
Nesta imagem vemos um pescador que tira a água do lago (que tem sempre este tom amarelado causado pela falta de saneamento básico) que estava no seu barco e uma mulher que estava a fazer uma rede de pesca.”

 

© Rica Mendez - Vendedora.
© Rica Mendez – Vendedora. “Uma das mais conhecidas Vendedoras de peixe seco na Nazaré. Viúva e já sem a sua filha esta mulher ainda têm a força e a tradição no corpo, vendendo mesmo ali no areal ao frio o seu peixe seco, para ganhar mais uns trocos para ajudar nas despesas de casa. E assim se vai mantendo a tradição das peixeiras da Nazaré.”

 

Retrato de Lourenço da Ilha do Fogo tirado em Coimbra. É uma pessoa simpática, alegre e bem disposta. Costuma andar com a sua guitarra animando os Conimbricenses, estudantes e turistas. Quando falamos com o Lourenço este acompanha as suas palavras com um sorriso."
Retrato de Lourenço da Ilha do Fogo tirado em Coimbra. É uma pessoa simpática, alegre e bem disposta. Costuma andar com a sua guitarra animando os Conimbricenses, estudantes e turistas. Quando falamos com o Lourenço este acompanha as suas palavras com um sorriso.”

 

Vê as fotografias vencedoras dos temas anteriores aqui.

Todas as semanas desafiamos os utilizadores Olhares a fotografar seguindo um determinado tema.
Semanalmente o tema é anunciado na nossa página Facebook.

Todos podem participar com um número ilimitado de fotografias.

As melhores fotografias são destacadas em olhares.com, no Blog Olhares e partilhadas nas nossas redes sociais. Os participantes deverão fazer upload das suas fotografias no seu perfil Olhares.com e comentar a publicação referente ao desafio com o link da fotografia (1 comentário por foto) para as podermos encontrar mais facilmente.