Notícias

Capitalize o seu negócio de fotografia com o Foursquare

O que é?
O Foursquare é uma rede social para dispositivos móveis cuja principal ferramenta é a georreferenciação.
A principal utilidade desta aplicação seria podermos dizer aos nossos amigos onde estamos e saber onde eles estão, discount mas o seu objetivo secundário rapidamente ganhou maior destaque: amealhar pontos, prize badges e cupões de descontos. A aplicação chega mesmo ao ponto de fazer recomendações e ofertas personalizadas, com base nos locais visitados por nós, pelos nossos amigos e outras pessoas com gostos semelhantes.

Como funciona?
A maioria dos utilizadores tem a aplicação instalada no seu dispositivo móvel, find mas também é possível atualizar o serviço no sítio na Internet. A aplicação acede ao GPS do nosso dispositivo para marcar a nossa localização e lista locais próximos que também tirem partido deste serviço. Por exemplo, se atualizarmos o nosso estado (fazer check-in) num mesmo local várias vezes, podemos ser recompensados e tornar-nos no “mayor” desse local, i.e., somos o maior frequentador. E já dissemos que o utilizador pode escrever uma crítica sobre o serviço prestado pelo estabelecimento/serviço?

Como posso capitalizar o meu negócio de fotografia com o Foursquare? Com descontos, claro!
O Foursquare permite aos negócios chegar aos clientes através de um sistema de recompensas tangíveis, os chamados descontos ou ofertas. Em troca, a marca é publicitada em várias plataformas de Social Media, consoante a forma como o utilizador opte por difundir a notícia do seu check-in.

Afinal, qual é o objetivo?
Captação ou retenção de clientes? O Foursquare cumpre os dois. O sistema pode passar por oferecer descontos, promoções ou até produtos em determinados dias se o cliente visitar o estabelecimento, oferecer badges a quem visite um bar, restaurante ou um estúdio de fotografia… Por exemplo, um estúdio de fotografia pode oferecer um desconto de 10% aos primeiros 5 check-ins do dia. Isto funciona bem com os clientes novos e com os fidelizados. O “mayor” (i.e., o cliente mais frequente) tem um prémio especial, por exemplo, a oferta de um álbum fotográfico digital durante o seu mandato. E convém não esquecer os clientes habituais e criar recompensas específicas para eles.

As críticas dos utilizadores também são úteis e podem gerar rendimento indireto. Além disso, se o serviço for bom, a publicidade feita pelo utilizador é gratuita. Ler as críticas e dicas pode e deve ajudar a melhorar o serviço prestado, bem como a criação de bases de dados de clientes para descontos personalizados.

 

 

Com mais de 30 milhões de utilizadores em todo o mundo e 3 mil milhões de check-ins, o Foursquare tem tudo para catapultar um negócio. Em Portugal, ainda está pouco difundido, porém no Brasil, por exemplo, cresceu 800% em 2012. Vamos agarrar esta oportunidade?

por Ângelo Valente

You may also like...