Notícias

João Taborda Memorial Salon

O Concurso internacional de Arte Fotográfica “João Taborda Memorial Salon” é um Concurso de Fotografia de âmbito internacional organizado por Fátima Caeiro Taborda, de Portugal.


REQUISITOS DE ENTRADA E IMAGENS

Esta exposição é aberta a qualquer pessoa; no entanto, uma inscrição pode ser rejeitada quando o Patrocinador ou os Organizadores do Salão, segundo um critério razoável, acreditarem que a inscrição não está em conformidade com as regras do Salão e suas Condições de Inscrição. Não é necessário ser membro de qualquer organização fotográfica.

Penalidades: Não serão aceites inscrições de qualquer participante que esteja referenciado na Lista de Penalidades da PSA por Violação de Ética. As taxas de inscrição não são reembolsáveis​​ nestas circunstâncias.

Classificações de estrelas da PSA
Para receber o crédito de classificação de estrelas da PSA, os participantes devem fornecer seus nomes e país exatamente da mesma forma em cada Concurso. Alcunhas não são permitidos. Entre em contacto com a PSA em caso de mudança de nome ou mudança para outro país. Usar o nome de forma diferente em salões diferentes expõe o participante ao risco de que muitas de suas aceitações não sejam reconhecidas pela PSA Star Ratings.

Criação de Imagens
As inscrições devem ser originadas como fotografias (capturas de imagens de objetos via sensibilidade à luz) feitas pelo participante em material fotográfico ou adquiridas digitalmente.

Certificação: Em virtude da submissão de uma imagem, o participante certifica o trabalho como sendo seu. As imagens não podem incorporar elementos produzidos por terceiros (por exemplo: clip art, imagens retiradas da Internet). Pseudónimos/Alcunhas ​​não são permitidas.

Reprodução
O participante permite aos patrocinadores reproduzir todo ou parte do material inscrito gratuitamente para publicação e/ou exibição nos media se relacionada com o salão. Isso pode incluir imagens de baixa resolução num site. A Photographic Society of America (PSA) pode solicitar permissão específica dos participantes para reproduzir as imagens inscritas nos seus materiais educativos.

Os termos dessa permissão serão mutuamente acordados entre o participante e a PSA, excepto nas circunstâncias em que a imagem inserida viole a Política de Ética da PSA. Nessas circunstâncias, a imagem pode ser reproduzida pela PSA, sem a permissão do participante, para fins educativos para ilustrar sérias violações das regras de exibição. Para essas reproduções, o nome do participante será omitido.

Não serão aceites inscrições de participantes que indiquem que suas imagens “não podem ser reproduzidas em materiais relacionados com o salão.” A exposição não assume nenhuma responsabilidade por qualquer uso indevido de direitos autorais

Alteração e manipulação em computador sujeito a restrições (particularmente Natureza, Fotografia de Viagem e Fotojornalismo):Imagens podem ser alteradas,quer electronicamente ou de outra forma, pelo participante; ajustes para aprimorar imagens ou modificar imagens criativamente são permitidos desde que a fotografia subjacente seja mantida de uma forma que seja óbvia para o espectador. As imagens não podem ser elaboradas inteiramente no computador e devem ser de trabalho exclusivo do participante.

Reutilização de imagens aceites: Qualquer imagem que tenha sido aceite neste salão, passado ou presente, não poderá ser inserida novamente na mesma Classe de Classificação por Estrelas da Divisão em nenhuma exibição futura deste salão. É claro que pode ser inscrita em qualquer outro concurso reconhecido pela PSA, mas deve ter sempre o mesmo título. Não é permitido renomear em outro idioma.

Inscrição: Uma Inscrição consiste em, até e inclusive, quatro (4) imagens inscritas por um único participante na mesma Secção. Um participante só pode entrar em uma Secção específica uma vez. Os participantes não podem inscrever imagens idênticas ou semelhantes na mesma seção ou em seções diferentes do mesmo salão.

Títulos: Cada imagem deve ter um título único que é uma descrição da imagem. Esse título único deve ser usado para a entrada dessa imagem ou de uma imagem idêntica em todos e quaisquer salões reconhecidos pela PSA.

Os títulos devem ter 35 caracteres ou menos. Nenhum título pode ser visível para os juízes, e nada na imagem pode identificar o participante. Os títulos não podem incluir extensões de arquivo como .jpg ou .jpeg (ou qualquer outro nome de arquivo de captura de câmera, como IMG 471).

Os títulos não podem conter identificadores pessoais,possivelmente acrescentados por um número; ou incluir palavras como “sem nome” ou “sem título”. Os títulos não podem consistir apenas em números, a menos que esses números estejam englobados, de forma proeminente na imagem, como o número de um participante numa corrida.

Cor e Monocromático: Imagens coloridas e monocromáticas da mesma captura que compartilham conteúdo pictórico substancial em comum serão consideradas a mesma imagem e devem receber o mesmo título.

O salão será conduzido de acordo com as regras da PSA: As imagens de um participante não serão apresentadas aos juízes consecutivamente. As quatro imagens de um participante serão distribuídas ao longo de quatro séries de julgamento nessa secção.

A distribuição das imagens será feita na mesma ordem em que foi submetida pelo participante. Em nenhum momento um juiz poderá ver todas as imagens do participante juntas.



Quem foi João Taborda?

Nascido em Lisboa a 19 de Julho de 1950.Conceituado pneumologista, João Taborda revelou desde muito cedo uma grande paixão e um talento especial para a Arte FotográficaMédico. Realizou mais de 40 exposições fotográficas a nível nacional e internacional. Recebeu inúmeras distinções, sendo as mais recentes:


2003 – AFIAP, “Artist by the Fédération International de L’Art Photographique” (FIAP)

2012 – EFIAP, “Excellence Artist by the Fédération International de L’Art Photographique”

(FIAP) 2013 – Distinção PPSA pela “Photographic Society of America” (PSA) (fotografia do ano)
2015 – Título Hon.FtGM (Honoris Fotogram) pelo “Fotogram Art Studio”, Belgrado

2016 – Título MIVAF (Master Indian Visual Art Foundation) – 3.º Lugar, Classificação Mundial da PSA – Who´s Who, Fotojornalismo

2017 – Globo de Ouro (Pangea de Ouro), Siena Photo Awards, Itália (entre mais de 160 países e dezenas de milhares de fotografias)

2018 – Título International Ambassador and Photographic Exchange, Guangxi, China
– “Grande prémio de fotografia de 2018”, Polónia, PhotoArtMédica

2019 – Distinção MPSA (Master – Photographic Society of America)


– Distinção GPSA (Gold – Photographic Society of America).


Ganhou mais de 800 prémios e distinções, dos quais mais de 300 medalhas de ouro, o que por certo o coloca na posição de ser, provavelmente, o português com mais prémios obtidos a nível internacional, dos quais se destacam:


– Medalha de Ouro PSA (Sociedade Americana de Fotografia) por mais de 40 vezes;

– Medalha de Ouro FIAP (Federação Internacional de Arte Fotográfica) por mais de 30 vezes;

– Medalha de Ouro UPI/GPU (União Global de Fotógrafos) por 12 ocasiões.

Foi júri de múltiplos salões internacionais de fotografia.

Era Artista de Excelência da Federação Internacional de Arte Fotográfica (EFIAP) desde 2012. Em Janeiro de 2019,foi-lhe sido atribuído o titulo de Master da Sociedade Americana de Fotografia(Master PSA). Sentia-se feliz por ter muitas das suas fotografias nos vários serviços do Centro Hospitalar Lisboa Norte (Hospital Pulido Valente e Hospital de Santa Maria).

A 4 de Novembro de 2019,foi inaugurada, com a sua presença no salão nobre do Hospital do Mar, a sua derradeira exposição que seria apresentada,no mês seguinte,na Biblioteca Municipal de Sesimbra mas à qual já nâo pode comparecer.

Pelo seu contributo como médico, fotógrafo e cidadão exemplar, e uma genuína paixão por Sesimbra, a Câmara Municipal decidiu atribuir-lhe o Medalhão da Vila de Sesimbra na cerimónia de inauguração.

Dia 29 de Janeiro de 2020, cinco dias após o seu falecimento, foi distingido pelo Rotary Clube de Sesimbra como “Profissional do Ano de 2019 “pela sua carreira fotográfica e em Novembro de 2021 foi lançado o livro “João Taborda. Um fotógrafo humanista”concretizando-se,deste modo,um projecto que o tempo não o permitiu realizar.


You may also like...